Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PROTEU



Quinta-feira, 13.05.10

Novo Significado de Furto (por Ricardo Rodrigues)

“O deputado e vice-presidente da bancada do PS Ricardo Rodrigues reafirmou hoje que não cometeu nenhum furto ao ficar com dois gravadores dos jornalistas da revista Sábado(...)” in publico online.

 

Agora subtrair a terceiros, sem a autorização destes, objectos que lhes pertencem apenas configurará um furto desde que não seja um acto realizado por deputados do PS, cujo primeiro nome seja Ricardo e o último seja Rodrigues. Em todos os restantes casos continuará a ser considerado furto, acto ilegal, sujeito a acção penal e criminal.

 

Assim, irei propor à Porto Editora a alteração à entrada no seu dicionário relativo à palavra furtar. A minha proposta é que se acrescente uma nota no final da definição. Ficará mais ao menos assim:

 

«Furtar - apoderar-se de (uma coisa alheia) contra a vontade do dono ou sem que ele o saiba; roubar; subtrair fraudulentamente; (...). [nota - Estes conceitos semânticos não são aplicados ao sujeito que dá pelo nome de Ricardo Rodrigues, deputado pelo PS e vice-presidente do grupo parlamentar deste partido

Autoria e outros dados (tags, etc)

por M Bento às 00:03



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Maio 2010

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031