Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PROTEU



Terça-feira, 22.09.09

DN e Público

Depois dos últimos acontecimentos em torno do caso das hipotéticas escutas à presidencia da república, uma coisa não me sai da cabeça. É que não há jornais com agendas politicas escondidas. Não. O que há são dois jornais, Público e Diário Noticias, aparentemente envolvidos na luta politica, cada um defendendo a sua dama. Isto está a ficar animado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por M Bento às 16:15

Sexta-feira, 18.09.09

Escutas ou não, eis a questão!

Hoje voltou à ribalta a novela das hipotéticas escutas à presidência da república. Talvez tenha sido uma forma do DN dar uma mãozinha ao nosso primeiro. Não sei, talvez.
O director do jornal Público veio sugerir que a forma como algum correio electrónico foi retirado dos computadores da sua redacção pode indicar que o SIS esteve envolvido na história. Porque não?!
Nunca acreditei muito na bondade e santidade dos profissionais dos serviços de informação, muito menos quando, como é o nosso caso, estes dependem directamente do governo. Por isso, para podermos estar seguros de que não fizeram asneirada da grossa neste caso, não me basta um comunicado dos seus responsáveis a afirmar a sua inocência. Se isso bastasse, então, quando alguém se manifesta inocente durante um julgamento o bom do juiz teria de acreditar e mandar o réu embora em paz. Aliás, os ilustres envolvidos nos crimes do BPN e BPP eram gente do mais credível e honesto. No entanto... 
À mulher de César não basta ser honesta, tem  de o parecer e o pessoal das nossas secretas anda a pôr-se a jeito para que comecemos a olhar para eles de esguelha. 

Para acreditar que não estão mesmo envolvidos com estes casos de escutas e desvios de emails, têm de fazer mais do que redigir um miserável comunicado. Isto ainda não é uma república das bananas. Ainda! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por M Bento às 23:45

Quinta-feira, 17.09.09

SNS e o Negócio da Saúde! O Mito

Não há truques. O sector privado consegue tratar doentes com custos menores do que as unidades públicas porque recusa os casos que dão prejuízo. Para quem sofre de doenças mentais e infecto-contagiosas ou precisa de um transplante só há uma porta sempre aberta: a do Serviço Nacional de Saúde (SNS).” (In Expresso online)

Contra factos não há argumentos nem subterfúgios possíveis. Esta é a demonstração cabal que nunca, mas mesmo nunca, o negócio privado da saúde pode ser uma alternativa credível ao Serviço Nacional de Saúde.  Qualquer unidade privada que se veja confrontada com um fluxo de doentes semelhante ao do SNS responde muito pior que as unidades públicas. Aliás, o que me parece é que a atitude do sector privado na prestação de cuidados de saúde assenta numa lógica puramente oportunista. Para ele a saúde é meramente um negocio de ocasião, de cuja universalidade necessita de fugir a sete pés. Portanto, senhores liberais calem-se duma vez por todas com essa ideia peregrina de entregar a saúde aos privados.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por M Bento às 13:00

Sábado, 12.09.09

Mais uma pérola da Minstra!

Ministra culpa sindicatos por problemas (Ministra da educação comentando erros do ME na colocação de professores In DN online).
Mais uma pérola de Maria de Lurdes Rodrigues. Já agora ela esqueceu-se que eles, e os professores em geral, também são responsáveis pelo aquecimento global, pela crise económica mundial, pela extinção de algumas espécies, pelas derrotas da selecção nacional, pelo holocausto, etc.
Já não há pachorra! Ou é uma questão de carácter ou de inteligência, ou então apenas Deus sabe o que vai naquela cabeça. Se calhar nem Ele consegue perceber aquela alminha. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por M Bento às 23:22

Sexta-feira, 04.09.09

É Hoje!

Hoje é o dia em que o meu irmão Zé se lança num novo desafio. Ele vai assumir mais logo, publicamente, a intenção de ser candidato à presidência duma freguesia da capital.
Nos tempos que correm este compromisso não é fácil. Nunca como agora estiveram os titulares de cargos públicos e políticos com uma imagem tão denegrida. Convenhamos que a grande responsabilidade por este estado de coisas cabe a eles próprios. Puseram-se a jeito.
Por isto, a chegada do meu irmão ao dia de hoje ganha, para mim, maior relevância. Está limpo e nunca vendeu a sua alma. Muitas vezes caminhou só enquanto outros, menos merecedores, celebraram as suas pequenas vitorias de pirro. Mas hoje é ele que lá vai estar.
É um novo desafio para o meu irmão mas, caramba, ele é homem mais que suficiente para aguentar e vencer. É experiente, competente, empenhado e senhor dum perfil de liderança que certamente fará a diferença. Para além disso tudo ainda tem aquela pequenina coisa não menos importante: é honesto até ao limite. E o melhor disto tudo é que ele chega a este momento podendo continuar a olhar-se ao espelho, sem sentir a mais pequena ponta de vergonha da imagem que vê. Não haverá muitos candidatos, por esse país fora, que possam verdadeiramente dizer o mesmo.
Por isso maninho, vai-te a eles que nem uma fera! Quando precisares já sabes: nós cá continuamos ao teu lado. Hoje e sempre!

Autoria e outros dados (tags, etc)

por M Bento às 15:10

Pág. 2/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Setembro 2009

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930