Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PROTEU



Quarta-feira, 18.04.12

O Crime da Educação

"Escolas escondem crimes das autoridades

Quatro anos depois de o procurador-geral da República, Pinto Monteiro, ter eleito o combate à violência em meio escolar como prioridade e apelado às escolas para participarem os casos, os estabelecimentos de ensino continuam a esconder das autoridades os crimes cometidos no seu interior." (In: CM Online)

 

Isto é a mais pura das verdades.

Mas a verdade mais chocante é que com a ministra Maria Lurdes Rodrigues as direcções das escolas sempre foram condicionadas e incentivadas a terem essa atitude. Aliás, as equipas da 5 de Outubro dos governos de Sócrates, sempre orientaram as suas correias de transmissão (Direcções Regionais de Educação) para que estas pressionassem as escolas a desvalorizar as situações de indisciplina, de agressões e outras acções criminosas desde que estas fossem cometidas por alunos ou familiares. Os resultados disso estão à vista de todos. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por M Bento às 22:48

Quinta-feira, 05.04.12

Para Eles Vale Tudo... Mesmo Tudo!

Reformas antecipadas proibidas na função pública

Governo evita pedidos de reforma antecipada antes do novo diploma entrar em vigor. Manteve a decisão "em segredo" até à publicação, hoje, em "Diário da República". (in Expresso online)

 

Ontem o primeiro ministro e o ministro das finanças demostraram-nos com uma clareza cristalina que a verdade é algo que os não preocupa muito, ao virem dizer que a suspensão dos dois subsídios irá afinal até 2015. 

Hoje ficámos a saber que o ataque raivoso aos trabalhadores é preparado em ambiente Kafkiano, com a despudorada cumplicidade de Belém. Na conferência de imprensa que se seguiu ao conselho de ministros onde esta decisão foi tomada nem uma palavra foi dita sobre este assunto. Cavaco ficou calado e promulgou. 

O que este governo fez foi, escondendo a sua decisão até à última hora, impedir que os cidadãos pudessem usufruir durante estes dias de um dos seus legítimos direitos. 

Para esta gente palavras como ética, moral, justiça ou verdade parecem ser coisas ocas e inúteis. Eles comportam-se como abutres que pairam sobre todos nós, sempre à espera da oportunidade para nos comeram mais um pedaço de carne. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por M Bento às 18:50


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Abril 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930